“A pandemia de guerra dos homens” “Intitular a pandemia do COVID-19 como uma guerra está na demarcação patriarcal de que este espaço é “lugar de homem”, porque guerra nunca foi – e ainda não é – coisa de mulher. Não à toa, também no contexto da...